Famalicão - Portugal
História/Personalidades

18 Junho 2007

 https://www.facebook.com/pages/Hist%C3%B3riGeo-Portugal/130500857025122

 

http://historigeo.blog.com 

 

Há várias referências num jornal local ao Barão da Trovisqueira e muitas notas que mencionam a sua esposa e filha quando estas iam a banhos, ou chegavam a Famalicão. É a partir de tudo isto que acho necessário incluir este personagem, mas reportando-me ao século XX.

O Barão da Trovisqueira, "foi 1º Barão deste titulo, José Fransisco da Cruz Trovisqueira, fidalgo - cavaleiro da Casa Real, Comendador da Ordem de Cristo, e deputado da nação em várias legislaturas. O título foi criado a seu favor por decreto de 14 de Janeiro de 1864" (43).

O Barão da Trovisqueira foi indústrial e político, Presidente da Câmara, esteve presente na administração do Concelho e foi deputado, isto segundo informações locais obtidas em pequenos calendários.

Para melhor esclarecimento desta personagem e para saber um pouco mais da sua biografia, vou citar um pequeno extrato de uma Monografia de Riba-de-Ave, freguesia do Concelho de Famalicão.

" O Barão da Trovisqueira foi pessoa notável daquele tempo (meados e fins do século XIX). Era natural do lugar da Trovisqueira , de que tomou o título, freguesia de Gavião, em Famalicão..." (44).

Segundo o Sr. Comendador Aurélio Fernando (Presidente da A. G. da Casa da Cultura de Vila Nova de Famalicão), o Sr. Barão da Trovisqueira obteve do governo autorização para o lançamento de um caminho de ferro, do Porto à Foz do Douro pelo sistema americano... sendo aquela linha ferrea a primeira que no seu genero se lançou no país, para transportes urbanos colectivos... (45).

O Barão da Trovisqueira que na sede do Concelho de Famalicão tem uma avenida com o seu nome, durante muitos anos prestou os mais assinalados serviços ao concelho, que no seu tempo se fundara.

Devem assinalar-se "as pomposissimas recepções oferecidas em sua casa e a expensas suas a D. Pedro V, D. Luis e D. Maria II, quando da visita destes soberanos a Famalicão" (46).

O Barão da Trovisqueira criou em Riba de Ave (47), uma fábrica de cardação de lãs, foi o primeiro indústrial de Vila Nova de Famalicão.

É mais uma das personalidades importantes do concelho Famalicense, a sua casa era um belo palacete, na rua principal da vila, onde passava todo o transito entre Porto e Braga.

O Palacete Barão da Trovisqueira, é assim chamado actualmente, está a ser completamente restaurado, pois vai situar-se neste palacete o futuro Museu Municipal.

Quanto a referências da sua época no jornal «Estrella do Minho», elas constituem pequenas notas dizendo que a Sra. Baroneza partiu ou chegou da Povoa, onde costumava passar a época balnear com a sua filha.

Deve-se portanto salientar a importância desta senhora, que era alvo de notícias no jornal no ínicio do seculo XX.(48)

 

(43) Grande Enciclopedia Portuguesa e Brasileira - Lisboa, Ed. Enciclopédia Lda. - Vol 33, p. 87.

(44) Aurelio Fernando - Riba de Ave em Terras de Entre Ambas as Aves -  Riba de Ave - Externato Delfim Ferreira, 1994, Vol II,p.21.

(45)  Idem, ...Ibidem .

(46) Idem, ...Ibidem .

(47) Vila pertencente ao concelho de Famalicão

(48)CARNEIRO, Eduardo Manuel Santos (1997) -"Actividades Sócio-Culturais, Comerciais e Personalidades de V. N. Famalicão no início do século XX", Boletim Cultural nº 14, V. N. Famalicão, 1997.

 Cidade de Famalicão

www.eduardocarneiro.blog.com

 

 http://sol.sapo.pt/blogs/eduardocarneiro

publicado por EduardoSantosCarneiro às 13:48

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO